No Cristianismo, com a incorporação dos livros do Novo Testamento aos livros existentes, passou-se a referir-se a Bíblia como as Sagradas Escrituras e ela passou a ser dividida em duas partes: o Antigo Testamento e o Novo Testamento. A palavra "testamento" nesse contexto representa a aliança ou pacto que Deus estabelece com o seu povo: no AT a aliança com Israel (Êx 24.8; Sl 106.45); e no NT, a nova aliança anunciada pelos profetas e selada com o sangue de Jesus (Jr 31.31-34; Mt 26.28; ).

Os Livros do Antigo Testamento da Bíblia transmitem a experiência religiosa do povo israelita desde as suas origens até a vinda de Jesus Cristo. Os livros que o compõem são o testemunho permanente da fé desse povo no único e verdadeiro Deus. Os livros do AT podem ser classificados assim:

Livros da Bíblia Históricos ou Narrativos: Gênesis, Êxodo, Levítico, Números, Deuteronômio, Josué, Juízes, Rute, 1 e 2Samuel, 1 e 2Reis, 1 e 2Crônicas, Esdras, Neemias, Ester

Livros da Bíblia Poéticos ou de Sabedoria: Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cântico dos Cânticos

Livros da Bíblia Prófétivos: Profetas maiores: Isaías, Jeremias, Lamentações, Ezequiel, Daniel Profetas menores: Oséias, Joel, Amós, Obadias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuque, Sofonias, Ageu, Zacarias, Malaquias.

Os Livros do Novo Testamento da Bíblia é a referência definitiva da fé cristã. Neles encontramos os vida, morte e ressurreição de Jesus, a origem da Igreja e a vida dos apóstolos. Podemos classificar os livros da Bíblia da seguinte forma:

Livros da Bíblia Históricos: Evangelhos segundo Mateus, Marcos, Lucas, João e Ato dos Apóstolos.

Livros da Bíblia Epistolas ou Cartas: Epístolas paulinas: Romanos, 1 e 2Coríntios, Gálatas, Efésios, Filipenses, Colossenses, 1 e 2Tessalonicenses, 1 e 2Timóteo, Tito, Filemom. Epístola aos Hebreus: Hebreus Epístolas universais: Tiago, 1 e 2Pedro, 1, 2 e 3João, Judas

Livro da Bíblia Profético: Apocalipse (ou Revelação) de João.

por: Sandra Maruri de Moura